Total de visualizações de página

domingo, 29 de setembro de 2013

29/09/2013

SESSÃO SOLENE

CÂMARA MUNICIPAL COMEMORA O ANIVERSÁRIO DE TRÊS CORAÇÕES



Em Sessão Solene realizada no dia 23 de setembro na Câmara Municipal, comemoramos o 129º aniversário de nossa cidade. Discursos, rituais, e entrega de Títulos de Cidadania Tricordiana e de Honra ao Mérito, marcaram a festividade. Também foi entregue a ‘Medalha do Mérito Legislativo’ Presidente Itamar Augusto Cautiero Franco: à Sra. Maria Oneida De Lellis, ao Sr. Victor Cunha e ao Sr. Ubsclender Carneiro Pereira.

O governador Anastasia, e outros políticos, enviaram mensagem à cidade, apresentadas na sessão. Vários deputados presentes, além de muitos outros políticos – de esferas diversas – também discursaram ou simplesmente marcaram presença neste encontro.




Eu entreguei o “Título de Cidadania Tricordiana” ao Sr. Itamar Procópio da Silva, que vem a muitos anos prestando serviços muito relevantes em nossa cidade. Arquiteto de formação, humanista de vocação, Itamar tem se destacado pela sensibilidade às causas religiosas e empregado sua técnica na edificação de diversos imóveis – inclusive igrejas – em nossa cidade. Atualmente, é nosso Diretor do Departamento de Trânsito da Prefeitura, e vem se empenhando em reorganizar o trânsito em nossas ruas, o que não é tarefa fácil visto que em poucos anos nossa frota mais que duplicou e precisa se deslocar por ruas que continuam as mesmas, em tamanho e número.




Também, entreguei o “Título de Cidadania Tricordiana” à Sra. Mariam Elias Nicola Gadbem, minha mãe, numa indicação da Mesa Diretora, depois de mais de cinqüenta anos morando em Três Corações. “Maria de Três Corações: receitas de uma libanesa” é um livro recém-lançado por ela, que discorre sobre a culinária árabe, ensinando como se preparam os pratos daquela cozinha. Ela que veio de Ras Balbeck/ Líbano, em nossa terra gerou três filhos e atuou como comerciante em importantes pontos comerciais daqui, angariando muitos amigos pela honestidade e dedicação, distinguindo-se como uma representante de sua cultura e contribuindo para a valorização de nossa gente.




E, por fim, entreguei o “Título de Cidadania Tricordiana” à Sra. Sandra Maria de Abreu Pereira, que ao recebê-lo de minhas mãos disse: “que honra receber esse diploma das mãos de um ex-aluno meu”. Como eu, a professora Sandra contribuiu na formação de muitos tricordianos, pois lecionava e ainda o faz, em diversas instituições de nossa cidade. E, mais do que ensinar o português, ela ensinou lições de vida, fazendo a diferença na vida de muitas famílias. A professora Sandra, também é mãe de nosso ex-vereador, o dentista Gleyser, que deixou importantes trabalhos quando esteve no nosso legislativo.




Meu “Título de Honra ao Mérito” entreguei ao meu amigo Fernando Ortiz, que antes de tudo, é um amigo da cidade. Seus méritos são maiores do que poderia discorrer aqui, mas citei o movimento que ele vem capitaneando pela valorização da cultura de nossa terra, em especial, a cultura em torno do nome de nosso conterrâneo mais expressivo, PELÉ. Nando, trouxe o Rei até aqui, no fim do ano passado, unindo a cidade em torno de uma festa que nunca mais esqueceremos. Além disso, divulga o nome de Três Corações pelo Brasil e pelo mundo através da construção da “Casa Pelé” e do “Museu Pelé de Arte” a ser inaugurado.

O alto ponto da noite, para mim, foi o duplo discurso lido pelo General Pereira Gomes e sua esposa, Sra. Marlise, que após receberem o Título de Cidadania Tricordiana, relataram sua história e seu sentimento em serem acolhidos em nossa terra. Emocionante, foi um presente à cidade!

Bem, mais que tudo, o encontro com estes amigos, além de outros que também foram ali homenageados, foi o mais importante desta festa de aniversário.




MOVIMENTO TRÊS CORAÇÕES SEM DEGRAUS


MOVIMENTO POLÍTICO, MAS SUPRAPARTIDÁRIO PELA ACESSIBILIDADE



Bárbara Paiva nos trouxe o convite do Sr. Eduardo, de Santa Rita do Sapucaí, para estarmos com eles no domingo, quando realizarão o “2º DIA SOLIDÁRIO”, quando acontecerão palestras sobre Tecnologias Inclusivas entre outras, além de uma passeata pela Acessibilidade naquela cidade. O grupo ficou de se organizar para participar.

Relatamos, eu e Renato Brito, sobre o contato que tivemos com a Instituição “Lar Anjo da Guarda”, que abriga ‘crianças em situação de risco’, quando divulgamos a necessidade que têm de voluntários que os ajudem a doar amor e carinho àquelas crianças, com a construção de vínculos pela presença contínua, para dirimir a falta de suas famílias na sua formação.

Donizete, o Tôpera, falou de sua formação e de seu interesse em ajudar o Movimento no que for possível, buscando recursos ou simplesmente se dispondo a fazer apresentações teatrais em eventos que viermos a promover. Trouxe-nos um CD que ele gravou com canções religiosas e apresentou-nos pequenos skets.



Discutimos sobre a falta de uma cultura de ‘troca de informações’ entre as diversas instituições de nossa cidade que militam pela causa dos deficientes. Citamos alguns exemplos e nos propusemos a nos empenhar para modificá-la.

Como estamos empenhados na realização de um novo evento em outubro, que divulgaremos em breve, trouxe novas informações sobre novas conquistas que estamos tendo, para conhecimento do grupo.

Divulgamos também o recém-adquirido patrocínio da “ESCOLA DE IDIOMAS WIZARD” aos ‘programetes’ pela Acessibilidade que estão sendo levados ao ar na “Rádio Educativa FM”, diariamente, em quatro horários.

Éder e Rafael Bart, sugeriram ações para conscientização escolar pela causa dos deficientes, e trarão para nossa próxima reunião algo mais estruturado, como a organização de um concurso de redação nas escolas, com o tema da deficiência. Do mesmo modo, Rafael, falou-nos de seu empenho para constituir uma ‘cartilha’ de Acessibilidade, para ser entregue nas ruas em que os ‘Guardiões das calçadas’ atuarem.

Nossa próxima reunião está agendada, na Escola do Legislativo (anexo à Câmara), para a próxima quarta-feira, às 19h. Estão todos convidados!





MARCUS WILLIAM E SUAS MEDALHAS DE NATAÇÃO


CARTA ABERTA DO PAI RELATANDO EXEMPLO DE SUPERAÇÃO


Em nossa reunião do “MOVIMENTO TRÊS CORAÇÕES SEM DEGRAUS”, o menino Marcus William, compareceu acompanhado de seus pais, portando três novas medalhas que ganhou no último torneio de natação que participou, pela “Academia Bem Star de Natação”, na cidade de Três Pontas.

Seu pais, Sr. Marcos, trouxe uma carta que li para o grupo reunido, e que divulgo abaixo:


“No dia 21 de setembro de 2013 em Três Pontas houve superações de um menino chamado aqui de “Peixinho William”. Trata-se da V COPA MG DE NATAÇÃO, IV FASE SUL DE MINAS GERAIS.

Vários atletas de 7 academias vindos de várias cidades do Sul de Minas compareceram a este evento e dentro todas estas pessoas encontrava-se ali o “peixinho”, juntamente com seus colegas, representando a Academia Bem Star de Natação, a única de Três Corações que participa das competições de natação no Sul de Minas.

Durante as diversas provas escutavam-se várias manifestações de alegria de todos os pais e familiares que se encontravam ali. Que pai não se orgulha de ver seu filho praticando um esporte?

Quando o “peixinho William” foi chamado para o seu pulo n’água junto de seus adversários houve certa curiosidade dos presentes. Todos observavam um menino corajoso, disposto a enfrentar seus adversários de igual para igual, posicionando na raia 1 e pronto para cair na água e mostrar suas habilidades aquáticas.

Por um momento o silêncio se fez e assim que a juíza apitou dando a largada, todos se surpreenderam com o “peixinho William” que superou sua deficiência mostrando aos que ali estavam que tudo é possível quando se tem garra e força de vencer mesmo que seja apenas com uma nadadeira.

E quando este peixinho chegou ao final, ouviram-se gritos, aplausos, assovios e lágrimas escorrendo dos olhos de seus pais mais que orgulhosos. A professora emocionou-se também, pois é ela quem treina e vibra com cada tempo superado.

Já no pódium, no momento da entrega da premiação, a medalha foi colocada sobre seu pescoço, a alegria se contagiou e muitos curiosos queriam registrar aquele lindo momento com fotos. Foi parabenizado por todos ao seu redor e mais uma vez os pais sentiram o dever cumprido, o de ter educado para ser um esportista honrado e digno de respeito.

Mais uma vitória para esse grande pequeno “peixinho William” que já conta com algumas medalhas recebidas pela participação em 4 competições.

Também participaram seus colegas Igor Rezende, Antonio Mariano, Lívia Fachardo e Denize Ferreira Costa.
Todos os alunos da Academia Bem Star, ficaram muito orgulhosos e honrados com sua presença. E que venham mais medalhas.

Obrigado William, você é o nosso campeão.”



JUNTOS PELAS REDES


MINISTÉRIO DA SAÚDE DIVULGA SUAS AÇÕES NO SUL DE MINAS


Em Pouso Alegre, na última semana, diversos municípios se reuniram com representantes do Ministério da Saúde, que vieram incentivar e divulgar o trabalho “em rede” que estão idealizando para a saúde nacional.

Foram realizadas diversas oficinas de apoio institucional do Ministério da Saúde aos Municípios sobre temas específicos: “Atenção Básica”; “Rede de Urgência e Emergência”; “Rede de Atenção Psicossocial”; “Rede Cegonha”; “Rede Viver sem Limites” e “Gestão de Convênios”.



Eu participei da Oficina de Atenção Psicossocial, coordenada pela Sra. Leisenir de Oliveira, consultora do Ministério da Saúde, que coordena ações de assistência a usuários de álcool e drogas, além dos Caps. Ela nos falou sobre a importância de se pensar a saúde “em rede”, quando o paciente poderia ser assistido em suas diversas instâncias, primária, secundária e terciária, de forma integral, pelos diversos equipamentos públicos que o governo dispõe.

Em particular, questionei-a sobre a assistência, sob regime de internação, que poderia ser oferecida aos dependentes químicos e ela elencou diversas opções de abordagem oferecidas atualmente diante da preocupação governamental com o “programa Crack”, fazendo parecer que, se houver interesse público municipal, há opções federais possíveis de serem implementadas nos municípios. Também, o ex-prefeito de Varginha, Corujinha, que atualmente é articulador do Ministério da Saúde no sul de minas, e que havia me convidado para este evento, se dispôs a nos ajudar na realização destas possibilidades.



FEIJOADA BENEFICENTE


AÇÃO SOCIAL EM PROL DO LAR ANJO DA GUARDA


Com a adesão de quase 300 pessoas, que compraram ingressos, foi realizada no Círculo Militar de nossa cidade, uma feijoada beneficente, para ajudar o Lar Anjo da Guarda, que assiste ‘crianças em situação de risco’, há pelo menos 11 anos.




No evento, a Sra. Marta Gama Porcaro, presidente da entidade, disse: “com esse dinheiro vai dar pra arrumar nosso carro”. Ela ainda agradeceu aos muitos colaboradores que estão a seu lado nesse projeto, citando alguns que estavam ali próximos: o Sr. Gilberto Matuck (“todo dia ele leva leite pras crianças, também recolhe verduras pra levar pra lá”), a Sra. Valéria Naback (“ela doou toda a carne da feijoada, cerca de 100 kg”), o Dr. Davilan Porcaro (“meu marido, é ele quem me banca”), à EsSA (“que fez e doou a comida da feijoada”), além de outros que voluntariamente estavam ali, e mais, estão diariamente na vida do Lar.

Novamente, lembramos que mais que assistência material, o Lar Anjo da Guarda, necessita de voluntários que dêem atenção, amor e carinho às suas crianças, procurando suprir um pouco a falta primordial de suas famílias nos momentos em que estão ali abrigadas.





Dr. MAURICIO CONVIDA


PALESTRAS SOBRE SAÚDE E BEM-ESTAR


Nesta próxima quinta-feira, na Escola do Legislativo (anexa à Câmara), às 19h, realizaremos um novo encontro para discutirmos “Crianças com Hiperatividade”, com a presença do Dr. Lucas Gabriel Ribeiro e da psicóloga Cleyse Borges de Paiva Oliveira.

Trata-se de um tema muito relevante pela sua atualidade, sendo que há muitas opiniões divergentes e desinformadas a seu respeito, que envolve profissionais da área de saúde e de educação.

A partir de quanto a agitação de uma criança é patológica? Sua agitação é resposta ao meio em que vive? Como devemos atuar frente à esta condição? Medicação? Psicoterapia? Abordagem comportamental? Ou é o meio que deve se modificar a elas?

São muitas perguntas que precisam ser pensadas para uma melhor abordagem desta condição, e você está convidado para participar deste debate!

Venha! E acrescente algo transformador em sua cultura e em sua vida! Desenvolva sua capacidade crítica!




DIA MUNDIAL DO CORAÇÃO


29 de SETEMBRO, de “CORAÇÃO FELIZ”



Não deixe de acessar a última postagem deste blog, quando “de carona nas comemorações do “DIA MUNDIAL DO CORAÇÃO”, convido gestores municipais tricordianos, o Conselho Municipal de Saúde e a coordenação do PSF, para começarmos os trabalhos de regulamentação do projeto “Coração Feliz” na 2ª. semana de outubro. E coloco-me à disposição para treinar as equipes envolvidas em sua realização.


Dia Mundial do Coração, de "Coração Feliz"


De carona nas comemorações do “Dia Mundial do Coração”, convido gestores municipais tricordianos, o Conselho Municipal de Saúde, e a coordenação do PSF, para começarmos os trabalhos de regulamentação do projeto “Coração Feliz” na 2º semana de outubro. E coloco-me à disposição para treinar as equipes envolvidas, gratuitamente. 





29 de setembro, “Dia Mundial do Coração”,
de acordo com a “Sociedade Brasileira de Cardiologia”, as doenças cardiovasculares (DCV's) - o que inclui doenças cardíacas e acidente vascular cerebral (AVC) – afetam pessoas de todas as idades e grupos populacionais, incluindo mulheres e crianças. Atualmente, as DCV's matam 17,3 milhões de pessoas por ano no mundo, e 80% delas são pessoas de baixa e média renda: as cardiopatias são a causa número um de mortes humanas no planeta.
O Brasil é um dos 194 países que assinaram um compromisso mundial para reduzir as mortes prematuras por DCV em 25%, até 2025. Para ter êxito nesta meta, o país precisa desenvolver políticas públicas estratégicas e a cultura da prevenção*. 


O Projeto de Lei “Coração Feliz”,
proposto por mim e aprovado pelos vereadores no primeiro semestre, se alinha com estes esforços mundiais. Ele cria uma rotina administrativa, no Programa de Saúde da Família (PSF) tricordiano, para identificação de quadros depressivos e de ansiedade em pacientes cardiopatas.
Um paciente cardíaco, após ser diagnosticado ou depois de sofrer intervenções cirúrgicas no coração, fica vulnerável a desenvolver quadros de ansiedade e depressão. De modo geral, o cardíaco é um cidadão diante da necessidade de repensar a vida: o paciente se vê às voltas com mudanças de hábitos alimentares, ou na relação com o trabalho ou com a família, e até mesmo com o próprio temperamento. Nesta transição, um acompanhamento preventivo do quadro psicológico pode garantir condições melhores para a recuperação física, e poupar vidas.

Poupar vidas desde já,
é o propósito da carta que estou remetendo hoje aos gestores e coordenadores da Secretaria Municipal de Saúde e para o Conselho Municipal de Saúde. Na missiva, coloco-me ao dispor para debater o protocolo de funcionamento do “Coração Feliz”, para treinar (gratuitamente) as equipes do PSF tricordiano, e proponho uma reunião para a 2ª semana de outubro, para começarmos os trabalhos.  
A carta foi remetida por e-mail aos gestores, hoje, como forma de celebração do “Dia do Coração’. Ela será re-encaminhada por correspondência amanhã (30/9), no começo da tarde, e, às 18h00, durante a 31ª Reunião Ordinária da Câmara, farei uma indicação (sugestão) à Secretaria de Governo para que aprecie a decisão unânime desta Casa legislativa em favor do “Coração Feliz”.

Resposta democrática,
a indicação à Secretaria de Governo seguirá em consideração ao veto do Prefeito ao “Coração Feliz”, na ocasião em que ele foi submetido à sua sanção. Sob o argumento de que o projeto gera custos, e, por isto, era inconstitucional que fosse proposto pela Câmara Municipal, a Secretaria de Governo da Prefeitura descartou a proposta.
Na ocasião, manifestei-me publicamente contra o veto do Prefeito, e chamei a atenção dos tricordianos para o fato de que não houve análise de mérito: a justificativa do veto não analisava a pertinência da proposta.
No dia 27/5, na submissão constitucional do veto do Prefeito à avaliação dos vereadores, o veto foi derrubado: seu texto não expressava consenso jurídico sobre a inconstitucionalidade da proposta, e, diferentemente da interpretação do Executivo, foi consenso entre os vereadores que o “Coração Feliz” contribui para economizar recursos da saúde pública, e não para onerá-la.

Constitucional e sinérgico,
o “Coração Feliz” foi concebido para se integrar harmonicamente aos propósitos e responsabilidades do Programa de Saúde da Família (PSF). Na fase de preparação da proposta, consideramos o percurso da regulamentação da atenção primária em saúde no Brasil desde 1991, quando foi instituído nacionalmente o Programa de Agentes Comunitários de Saúde (PACS). Este modelo evoluiu, três anos mais tarde, para o PSF. Em 2006, com a Portaria Ministerial N. 648, o PSF foi alçado à estratégia nacional prioritária na atenção básica à saúde. Com a evolução do programa, em 2011 a Portaria N. 2.488 revisou as diretrizes e as normas vigentes, ampliando-as. O “Coração Feliz” foi concebido para se encaixar conceitual e legalmente no sistema brasileiro de atenção à saúde do cidadão.

Se bem regulamentado,
o “Coração Feliz” poderá ser levado a outras cidades brasileiras como referência.


E VOCÊ?,
aproveite o “Dia do Coração” para apoiar minha proposta de início imediato dos trabalhos colaborativos para regulamentação da Lei “Coração feliz” e de treinamento das equipes do PSF? Deixe aqui o seu recado, Democracia Participativa: juntos podemos +
Clique aqui para deixar a sua mensagem de apoio ao "Coração Feliz"


quinta-feira, 26 de setembro de 2013

Dr. Maurício Convida: "Crianças com Hiperatividade"


Na próxima quinta-feira (3/10), Dr. Lucas Gabriel Ribeiro, médico pediatra, e Psic. Cleyse Borges de Paiva Oliveira, te esperam para um debate aberto sobre "crianças com hiperatividade".





Participe da 3ª edição do evento que está colocando grandes especialistas da saúde em contato direto com o público, para falar sobre questões contemporâneas de saúde e bem-estar.


Informações: 
Data: 03/10 (quin), 
Hora: às 19h00 (até 21h30)
Local: Escola do Legislativo da Câmara Municipal*
Participação: evento gratuito e aberto, vagas limitadas (70).
Procedimento: para garantir sua vaga, confirme a presença por
e-mail: drmauriciogadbem@gmail.com
fone: 35-3239-1538 (das 13h às 17h - c/ Bárbara)
*Escola do Legislativo da Câmara Municipal - Av. Quinto Centenário do Brasil, 1010 - em frente ao Parque Dondinho

"Dr. Maurício Convida"


Ao longo deste semestre, a Escola do Legislativo da Câmara Municipal está recebendo, mensalmente, a meu convite, grandes especialistas da área da saúde, para debates abertos com o público sobre temas contemporâneos de bem-estar e saúde. 
Na primeira edição, em agosto, Dr. Tufi Neder Meyer, cirurgião-plástico de renome internacional, falou sobre os cuidados necessários e mitos mais comuns acerca das "queimaduras", um tipo de lesão perigosa, de incidência comum em lares e ambientes de trabalho.

Na segunda edição, neste setembro, Dr. Jairo Couto Franco, cirurgião especialista em cirurgias do sistema digestivo, apresentou um panorama histórico-evolutivo do uso de cirurgias no tratamento da obesidade, discutiu dados históricos do uso do procedimento no Sul de Minas, e debateu sobre suas indicações e riscos com um público que contava com 
 pessoas já submetidas à cirurgia, pessoas em fase de preparação para realizá-la, e pessoas que buscavam informações para decidir-se.


Na próxima quinta-feira (3/10),
um médico pediatra e uma psicóloga conduzirão a discussão sobre "crianças com hiperatividade": Dr. Lucas Gabriel Ribeiro e Psic. Cleyse Borges de Paiva Oliveira falarão sobre este transtorno de nome é fácil nas conversas em família e nos ambientes escolares, o que torna também fácil confundi-lo com hábitos comportamentais e características de fases da infância. 

A palestra é uma oportunidade para pais, psicólogos, psico-pedagogos, irmãos, professores, babás, condutores de vans escolares e seus auxiliares, colaboradores dos setores da educação e da saúde em geral: divulgue e participe! 




agenda completa
clique na imagem para ampliá-la


sábado, 21 de setembro de 2013

21/09/2013

LAR ANJO DA GUARDA



Nesta semana, por três dias seguidos, estive no Lar Anjo da Guarda, conhecendo melhor o trabalho que ali é feito há aproximadamente onze anos, por uma equipe de abnegados que têm à frente a generosidade de sua presidente, a Sra. Marta Gama Porcaro e de sua coordenadora, a Sra. Geisla Aparecida de Oliveira: É PRECISO CONHECER DE PERTO!


O objetivo é acolher CRIANÇAS EM SITUAÇÃO DE RISCO, vítimas da violência doméstica, do descaso parental, de falhas fundamentais e de desastres psicológicos. Depois de muitos percalços, o ‘Lar’ tem muitas histórias pra contar, uma coleção de fotografias de vidas – mais de trezentas crianças – que por ali passaram e foram resgatadas. É EMOCIONANTE!




A instituição já conta com os títulos de utilidade pública municipal, estadual e federal, e foi recentemente brindada com o Certificado Federal de Filantropia, o que deve facilitar muitas coisas que oneram suas atividades. Para se ter uma idéia, atualmente, recebem uma subvenção social do município de R$ 5.000,00 e têm uma despesa mensal em torno de R$ 14.000,00. Algumas empresas e instituições – UNIMED, TOTAL ALIMENTOS, KERRY, O FERMENTÃO, ROTARY – ajudam a dirimir estas despesas, e o que lhes falta, é rapidamente suprido pelo AMOR AO PRÓXIMO de muitos cidadãos de nossa terra. No próximo dia 29/09, no Círculo Militar, haverá uma ‘Feijoada Beneficente’ para angariar verbas – “já conseguimos a doação de tudo pra fazer a feijoada!”.




A casa, prédio próprio doado na gestão municipal anterior – localizada no bairro Santana – abriga até vinte e duas crianças, de 0 a 6 anos de idade, que ali chegam, sempre, através do Ministério Público, do Conselho Tutelar ou da Polícia Militar, e procura dar àquelas crianças o que mais lhes falta: FAMÍLIA. Marta nos diz: “Aqui é 100% álcool e drogas”, referindo-se à principal causa do abandono dos pais a seus filhos. E continua: “A família precisa ser tratada”.



As crianças dali têm dois destinos principais: a adoção ou a volta à casa da família de origem. Mais que bens materiais, aquelas crianças, segundo Marta, precisam de atenção, precisam de relações que construam vínculos, precisam de se sentirem amadas. Para os voluntários que se disporem a esta empreitada, o Lar Anjo da Guarda esta de portas abertas.








MOVIMENTO TRÊS CORAÇÕES SEM DEGRAUS


BALANÇO DAS AÇÕES DO GRUPO E NOVAS METAS DE TRABALHO


Nesta semana, com a presença de novos membros, realizamos mais uma Reunião pela Acessibilidade aos Direitos dos Deficientes em nossa cidade.

Falei da importância da presença às reuniões para a construção de um espaço de exercício da cidadania e para a constituição de um grupo de trabalho que possa ser efetivo em muitas ações, como temos sido até então: em pouco menos de três meses colecionamos importantes iniciativas em prol dos direitos dos deficientes:

1.     Dez projetos de lei PELA ACESSIBILIDADE em tramitação em nossa Câmara;

2.     Ato público com a presença do apoiador estadual do plano nacional ‘Viver sem Limite’, e de representantes de dez cidades da região para aprenderem sobre este plano, além da presença de diversas instituições municipais que trabalham nesta causa;

3.     ‘Programetes’ que estão sendo veiculados na Rádio Educativa, contando histórias de deficientes e suas famílias, bem como dando dicas de cidadania participativa;

4.     Representação junto ao Ministério Público para a efetivação do transporte porta-a-porta, para os deficientes mais necessitados, terem acesso à saúde e à educação;

5.     Representação junto à Procuradoria do Município, solicitando o retorno da Equoterapia, já anteriormente prevista em decisão judicial;

6.     Divulgação de nosso Movimento através de uma matéria da EPTV que, fundamentalmente, abordou a história do jovem Maycon Emerson e seu blog ‘Vida de Cadeirante’, além de um projeto já instituído em nossa cidade – CAP, para deficientes visuais;

7.     Divulgação de nosso Movimento a autoridades estaduais e federais, em evento público realizado em nossa capital, sobre Políticas de Direitos Humanos;

8.     Participação de alguns representantes no desfile de Sete de Setembro, divulgando o Plano ‘Viver sem Limite’.


Conversamos também sobre articulações que estão sendo feitas para, em breve, realizarmos novo encontro com lideranças políticas, em especial gestores executivos da região, para adesão efetiva ao Plano ‘Viver sem Limite’.

 O Sr. Marcos, pai do menino Marcus William, falou-nos da participação de seu filho na ‘V Copa MG de Natação’, e da necessidade de patrocínio para deslocamento e custeio de taxas e do espaço de treino para tais atividades.

Também, falei sobre nosso projeto de lei – TÁXI ACESSÍVEL – recém-aprovado em nossa Câmara. E, novamente, falamos sobre a elaboração de novo projeto, que normatiza e adéqua as lixeiras que ficam às portas das casas de várias casas da cidade.

Rafael Bart, do dinâmico grupo AMO TC, propôs constituirmos um grupo de trabalho para fiscalização das calçadas da cidade, algo como ‘Guardiões das Calçadas’. Também, falou sobre novo projeto – Teatro na Praça – que seria instrutivo às questões da Acessibilidade.

Diante de tantas demandas, agendamos nova reunião para a próxima quarta-feira, às 19h, na sede de nossa ‘Escola do Legislativo’, para a qual todos estão convidados.




30ª SESSÃO ORDINÁRIA, em 16/09/2013

Nesta sessão, somente tivemos segundas e últimas discussões e votação, visto que não tivemos na semana anterior a Reunião de Comissões, que serviriam para discussão dos projetos que haviam dado entrada. Quanto a estes projetos, vou citá-los, mas já os discriminei anteriormente.


EM 2ª E ÚLTIMA DISCUSSÃO E VOTAÇÃO

1.     Projeto de lei complementar que Revoga a Lei Complementar no. 223, de 03/12/2008, que “Dispõe sobre doação de área de terreno para instalação da empresa VIAÇÃO TRÊS CORAÇÕES LTDA”.


2.     Projeto de lei ordinária que Autoriza a abertura de crédito adicional especial para atendimento ao Convênio SICONV no. 764890 via Contrato de repasse CEF no. 0371576-93/2011, por intermédio do Ministério do Esporte, objetivando a execução de ações de apoio ao Esporte e Lazer, e dá outras providências.


3.     Projeto de lei ordinária que Cria o Sistema Municipal de Defesa Civil, composto pela Coordenadoria Municipal de Defesa Civil – COMDEC, pelo Conselho Municipal de Defesa Civil, pelos Núcleos Comunitários de Defesa Civil – NUDECs e pelo Fundo Municipal de Defesa Civil, e dá outras providências.


4.     Projeto de lei ordinária que Autoriza a abertura de crédito adicional especial para atendimento ao Convênio SICONV no. 765478 via Contrato de repasse CEF no. 0372042-53/2011, por intermédio do Ministério do Esporte, objetivando a execução de ações de apoio ao Esporte e Lazer, e dá outras providências.


5.     Projeto de lei ordinária que cria o serviço de TÁXI ACESSÍVEL, no Município de Três Corações, e dá outras providências.



Vereadores assistem vídeo sobre TÁXI ACESSÍVEL




Nesta sessão, fiz algumas indicações:

1.     Em conteúdo de semelhante teor, fiz um requerimento à Mesa Diretora da Câmara e outro ao Poder Executivo Municipal (Secretaria Municipal de Esporte, Lazer, Turismo e Cultura e Secretaria de Educação), solicitando atenção para um caso específico e solicitando normatização para auxílio a viagens técnicas e científicas a instituições de referência (como o Museu da Língua Portuguesa e o Instituto Butantã) aos alunos da rede pública de ensino. Cito abaixo o texto lido à Mesa da Câmara.



Requerimento à Mesa Diretora

Para que verifique junto aos departamentos administrativos da Câmara Municipal, em especial à coordenadoria de cultura e ao Projeto “Escola do Legislativo”, a possibilidade de apoiar com recursos ou serviços uma viagem de alunos da Escola Estadual Godofredo Rangel ao Instituto Butantã, em São Paulo-SP.  A viagem está marcada para o dia 05/10, mas só acontecerá se os alunos obtiverem recursos para financiá-la.

Peço, ainda, que a Mesa Diretora faça a gentileza de informar ao Sr. Anndré Weiss, estudante secundarista da referida escola que, em nome de sua turma, perpetrou este pedido de colaboração, bem como ao meu gabinete, sobre as finalidades e realizações da Escola do Legislativo e da coordenadoria de cultura desta Casa, para compreendermos o contexto do aceite ou da recusa a este pedido.

Proponho ainda que medidas correlatas de incentivo à diversificação do conhecimento, se assim couberem a esta Casa, em especial através da “Escola”, que sejam regulamentadas e divulgadas para o acesso de toda nossa população.


Justificativa:

As visitas técnicas e científicas a institutos de referência de diferentes áreas do conhecimento são elementos indispensáveis para os jovens estudantes, pois além de colocá-los em contato com a vanguarda da produção científica do país, tais visitas despertam sonhos de futuro fundamentais para a significação, no presente, da importância da educação na vida dos estudantes.

Procurado pelo aluno Anndré Weiss, que intenta ajudar sua turma a viabilizar condições mínimas para que a visita técnica aconteça, expliquei-lhe que não há rotina de gabinete através da qual eu possa receber sua petição e apoiá-la no contexto da Coordenadoria de Cultura da Câmara ou do projeto “Escola do Legislativo”, os dois espaços institucionais da Câmara em que, ao que me parece, tal pedido poderia ser acolhido.

Cabendo os dois espaços à gestão da Mesa Diretora, informei ao aluno que procederia com este requerimento à Mesa Diretora, e que eu me incumbiria de mantê-lo informado sobre a sua tramitação.



2.     Novamente, requeri à Mesa Diretora, a realização de uma Audiência Pública sobre “POLÍTICAS PÚBLICAS MUNICIPAIS SOBRE DROGADICÇÃO”. Para tanto, li um texto em plenário, nos moldes deste citado abaixo:





Requerimento à Mesa Diretora

Por meio desta, o vereador abaixo assinado, Presidente da Comissão Permanente de Educação, Saúde e Esporte desta Casa, em nome das responsabilidades regimentais e legais desta posição institucional, requer da Mesa Diretora, respeitosamente, todas as providências administrativas necessárias à realização de uma Audiência Pública sobre “Políticas Públicas Municipais sobre Drogadicção”. 


Justificativa:

No interesse das responsabilidades a mim atribuídas ao ser-me confiada a presidência da Comissão Permanente de Educação, Saúde e Esporte desta Casa, informo à Mesa Diretora que um pedido de Audiência Pública equivalente a este já foi perpetrado pelo meu gabinete, em conformidade com as determinações regimentais, no dia 24/5. Reconheço que, à falta de regulamentação no Regimento Interno das obrigações da Mesa Diretora para com os gabinetes dos vereadores, não há parâmetros para medir a naturalidade ou a excepcionalidade da espera aqui reclamada, contudo, não devemos ignorá-la, e sim questioná-la e esclarecê-la.

Informo, ainda, que no mês de julho estive na capital do Estado em visita à Secretária Estadual de Educação, Dra. Ana Lúcia Gazolla, para, entre outros assuntos, apresentar-lhe um projeto para a construção de um centro de tratamento para dependentes químicos, em Três Corações. Minha proposta prevê o funcionamento do serviço para internações prolongadas, modalidade que falta na região, e indica a Casa de Saúde Santa Fé para abrigá-lo. Ela foi encaminhada pela Dra. Ana Lúcia Gazolla ao Secretário de Estado de Saúde, Sr. Antônio Jorge de Souza Marques.

Naquele mesmo mês, estive em São Gonçalo do Sapucaí-MG participando do “I Encontro Regional de Políticas Públicas de Álcool e Drogas”, onde conversei com o subsecretário estadual de Minas Gerais para políticas antidrogas, Sr. Clóvis Benevides, com quem compartilhei preocupações e informações técnicas sobre o combate ao uso abusivo de drogas.

Ainda no contexto deste requerimento, informo que, ao longo do primeiro semestre, acompanhei as reuniões embrionárias do “Conselho Municipal de Políticas sobre Drogas”, cuja institucionalização por Lei Municipal foi aprovada unanimemente por nós, vereadores, na Reunião Ordinária do dia 09/9.

Pela mesma razão, na última semana (11/9), participei da “Audiência Pública sobre a criação do Plano Municipal de Combate ao uso de Drogas”, promovida pela vereadora Racibe Faria na Câmara Municipal de Varginha-MG.

E, na última quinta-feira (12/9), visitei o “Projeto Amar”, fomentado pelo ex-prefeito Gordo Dentista, que acolherá e prestará assistência terapêutica a dezenas de crianças e jovens tricordianos dependentes químicos. Ali estive como convidado a conhecer o espaço e para me prontificar a prestar orientação técnica à equipe de responsabilidade terapêutica do Projeto, entre outros serviços.

Por tudo isto, reitero o pedido de Audiência Pública, acima qualificado.


3.     Novamente, solicitei que se faça um convite ao diretor do Departamento Municipal de Trânsito, Sr. Itamar Procópio, para que esclareça a todos nós seus projetos, que já vem implementando, de reorganização do trânsito em nossa cidade. Citei o caso do Sr. Osvaldo Alves Pereira, proprietário da Padaria São Thomé, inaugurada há quase sessenta anos e que está sentindo-se prejudicado por mudanças que estão ocorrendo na realocação da direção de algumas de nossas vias públicas.

O Sr. Osvaldo solicitou minha presença em seu estabelecimento, às vésperas desta sessão, pedindo que eu transmitisse aos Edis sua preocupação, e de outros proprietários comerciais de sua rua, para com a queda do movimento comercial de seus negócios desde que tais mudanças foram feitas. Trouxe então este tema à sessão, quando iniciamos tal discussão.



4.     MOÇÃO DE AGRADECIMENTO ao Dr. Tufi Neder Meyer, e ao Dr. Jairo Couto Franco, pela disponibilidade em ministrar, com brilhantismo, suas conferências em nossa Escola do Legislativo, sobre os temas que têm larga experiência: “Queimaduras” e “Cirurgia para Tratamento da Obesidade”.





5.     MOÇÃO DE APLAUSOS à vereadora Racibe da Acrenoc, pela realização com pleno êxito, na Câmara Municipal de Varginha, da Audiência Pública sobre Drogas.





6.     MOÇÃO DE APLAUSOS aos vencedores do Concurso de Fotografias, cujo tema foi “Belezas Tricordianas”, realizado pela nossa Escola do Legislativo, com grande número de participantes e trabalhos muito expressivos.



PEDRO PEREIRA GABRIEL


VINÍCIUS GOMES CAJU                            PABLINE SANTANA LISBOA



Por fim, convidei a todos os vereadores e à população para participar da próxima reunião do “Movimento Três Corações sem Degraus”, que se daria na quarta-feira seguinte.