Total de visualizações de página

sexta-feira, 28 de novembro de 2014

Educação + Saúde: Dor de Cabeça

Sentir dor de cabeça com freqüência é preocupante em que medida? O que motiva as crises? Em crises de enxaqueca a dor de cabeça é um dos sintomas, há pelo menos outros 60; quais serão? Existem curas para enxaquecas e dores de cabeça crônicas, para crianças, adultos e idosos?  



Para debater este universo, a 15ª edição de “Dr. Maurício Convida: educação + saúde” receberá o médico neurologista Dr. LUIZ ANTÔNIO M. MOREIRA para um bate-papo com VOCÊ sobre prevenção, diagnóstico e tratamento de dores de cabeça e enxaquecas. 

O acesso é livre e atestado por certificado de participação. Aproveite!

ONDE E QUANDO
Dor de Cabeça
c/ Dr. Luiz Antônio Mendes Moreira
(médico neurologista)
Data: 04/12 (quin)
Hora: 19h00 - 21h45
Local: Escola do Legislativo da Câmara Municipal*
Acesso: livre e gratuito, local com acessibilidade
*Av. Quinto Centenário do Brasil, 1010 – Santa Tereza – prédio anexo ao da Câmara Municipal, em frente ao Parque Dondinho



Dores de Cabeça
Entre os fenômenos capazes de tirar um sujeito civilizado da vida social e atirá-lo num canto escuro e silencioso o amor e as dores de cabeça estão entre os mais comuns.

Se homens ou mulheres sofrem mais de amor, é difícil afirmar sem polemizar. Mas, em se tratando de dores de cabeça, a supremacia é avassaladora; 80% dos casos crônicos são registrados entre as mulheres. Por motivos que os hormônios explicam.

Além da vida hormonal, a infância também ajuda explicar a predisposição às dores de cabeça na vida adulta, seja em homens ou mulheres. Jovens e crianças sensíveis a mudanças atmosféricas bruscas, como aqueles que costumam desmaiar em igrejas lotadas ou salas mal ventiladas, devem estar atentos. O cérebro que, quando jovem, “desliga” por não se adaptar imediatamente aos novos regimes climáticos, mais tarde poderá responder a estímulos parecidos com crises de dor de cabeça. Ou de enxaquecas.


Dr. Maurício Convida: informação e descontração



Enxaquecas
Tendo a dor de cabeça como um entre seus mais de 60 sintomas a enxaqueca é uma síndrome complexa e diversa em tipos. A ‘migrânea com aura’ (clássica) e a ‘migrânea sem aura’ (comum) são as mais recorrentes. A Enxaqueca em Salva (cluster headache), que provoca dores latejantes, algumas vezes por dia, por semanas ou meses, é mais comum entre os homens - 80% dos casos.    


Nas crianças, as crises de enxaqueca podem provocar dores abdominais e nas pernas - conhecidas popularmente e equivocadamente como “dores do crescimento”; as crises duram em média entre cinco e dez minutos, e podem apresentar quadros parecidos com os de rinite, os quais, porém, passam repentinamente.

Analgésicos: cuidado!
Nos adultos, as crises de enxaqueca podem durar entre algumas horas e três dias. Recomenda-se o uso de analgésicos apenas a pacientes que sofrem crises poucas e breves: não mais que três por mês. Para os outros, o uso constante de analgésicos oferece o risco de provocar o atrofiamento das defesas naturais do sistema nervoso central contra as dores; um efeito que acentua a sensibilidade do organismo progressivamente, e, nesta medida, reduz o efeito do analgésico. Em casos assim, como proceder?

Para saber mais, participe!

JUNTOS PODEMOS +

+ INFORMAÇÕES
Fone 35-3239-1538
E-mail: drmauriciogadbem@gmail.com
www.doutormauricio.com

Lembre-se dos cuidados: as chuvas já começaram!
A responsabilidade é de todos nós!

Nenhum comentário:

Postar um comentário